segunda-feira, 11 de junho de 2012

Neocolonização

Neocolonização




Com a expansão do capitalismo industrial, se inicia o neocolonialismo da África, onde todas as potências da época tinham o objetivo de colonizar o continente.
Na Conferência de Berlim em 1884, onde as potências européias interessadas negociam a divisão da África, como se fosse propriedades deles, anulando e negando qualquer opinião ou presença de membros reais da comunidade africana, mais uma vez fadados e serem subjugados e tratados como mercadoria pelos europeus.
Com exceção da Etiópia e a Libéria, no inicio da Primeira Guerra Mundial, mais de 90% do continente africano, já estava sobre o domínio europeu. A divisão reforça o colonialismo bárbaro, anulando costumes, sua tradição e sua cultura africana, contribuindo para guerras internas, até hoje, realidade em muitas regiões do continente explorado.

Muitos países participaram da neocolonização, foram eles: Portugal, Espanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Bélgica, Holanda e Alemanha.
Passaram se anos, onde os países europeus manipularam e se espalharam cada vez mais pelo continente que classificou a cultura, língua e história de cada país, além de guerras e conflitos internos causados pela colonização européia.






Postado por: Magali dos Santos Maronez

QUESTÃO
Anos seguidos de colonização europeia deixaram danos irreparáveis na África, onde os conflitos étnicos foram um dos principais. Por quê a neocolonização gerou tantos conflitos em diferentes pontos do continente africano?


19 comentários:

  1. 2. Podemos observar que a neocolonização da África gerou muitos conflitos internos no continente, pois as potencias europeias passou a exercer controle e autoridade sobre o território, cancelando a cultura e os costumes africanos para espalhar os seus, e assim colonizar o continente.

    Janaina N°20
    Mayara N°28
    Renata N°34
    Vanessa Nº39

    ResponderExcluir
  2. Com a neocolonização ouve muitos conflitos, pois as potências europeias dividiram o continente africano de acordo com as etnias e, nessa divisão ouve certos locais em que grupos diferentes que já eram rivais foram colocados em um mesmo local gerando mais conflitos do que antes.

    Janaina N°20
    Mayara N°28
    Renata N°34
    Vanessa Nº39

    ResponderExcluir
  3. Pois eles dividiram e juntaram povos por etnia e nem sempre isso dava certo, e os europeus tentaram acabar com a cultura africana implantando a deles.

    Clayton Nº08
    Deivid Nº12
    Diego Nº13
    Gunther Nº17
    Isac Nº18
    Michael Nº33

    ResponderExcluir
  4. Com a neocolonização o continente africano passou a ser mais reprimido do que já era com 90% de todo o território dominado pelos europeus.

    Clayton Nº08
    Deivid Nº12
    Diego Nº13
    Gunther Nº17
    Isac Nº18
    Michael Nº33

    ResponderExcluir
  5. Quando os europeus dividiram a África entre si, foi como se alguém que não conhecesse o continente pegasse seu mapa e traçasse as partes que gostaria de dominar com uma régua. Fica claro que não houve preocupações quanto aos resultados e consequências dessas ações.

    Ingrid nº18
    Karen nº22
    Mateus nº27
    Agatha nº42
    3ºB

    ResponderExcluir
  6. Com essas divisões e explorações dessas potências europeias pretendia-se fazer das áreas que seriam dominadas um comércio, e ao mesmo tempo buscar fornecimentos de matéria-prima.

    Ingrid nº18
    Karen nº22
    Mateus nº27
    Agatha nº42
    3ºB

    ResponderExcluir
  7. A divisão reforça o colonialismo bárbaro, anulando costumes, sua tradição e sua cultura africana, contribuindo para guerras internas, até hoje, realidade em muitas regiões do continente explorado.

    ResponderExcluir
  8. De acordo com a análise dos textos e gráficos percebe-se que a neocolonização provocou inúmeros conflitos no continente africano pois o continente foi apossado pelos europeus, que o dividiram somente conforme os seus interesses, de forma que os costumes, tradições, e culturas africanas fossem completamente ignoradas, contribuindo assim para que houvesse desentendimento entre os povos que habitavam a região. Consequentemente, contribuindo para o desenvolvimento de conflitos étnicos e guerras internas.

    Luis Eduardo Caraça n° 12 3°EM
    Colégio Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  9. A partir da análise desse texto é perceptível que a dominação europeia deixou inúmeras marcas no continente africano, principalmente no que diz respeito às questões territoriais, pois essa colonização, baseada em divisões inconsequentes para a população africana acirrou o colonialismo bárbaro o que provocou várias guerras e conflitos raciais e culturais entre as tribos nativas.

    Paulo josé Nogueira n°15 3°EM
    Colégio Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  10. Com base na leitura do texto podemos observar que devido a essa colonização desordenada e imprudente realizada pelos europeus no continente africano, a região foi completamente prejudicada, pois teve seus limites e fronteiras ignorados, assim consequentemente, misturando tribos rivais e povos de diferentes culturas, crenças e tradições, causando conflitos étnicos, o que só prejudicou o desenvolvimento do continente

    Gabriele Takahashi 3°EM Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  11. De acordo com os textos acima, podemos concluir que a colonização europeia não trouxe só aspectos negativos para o continente africano, porém devido à essa necessidade de exploração foi gerado um conflito em relação aos costumes africanos que foram de certa forma deixados de lado.

    Vitoria Ávila 3°ano n°19
    Colégio Objetivo

    ResponderExcluir
  12. A Europa necessitava de matérias primas e novos mercados consumidores para as mercadorias produzidas pelas indústrias europeias. Uma solução encontrada foi a exploração de regiões da África. O continente africano foi divido entre os países europeus. Além de exploração de recursos naturais, a África sofreu com a modificação de sua cultura, costumes, economia e língua.
    Bruna Aguiar nº 01
    3º EM Objetivo


    ResponderExcluir
  13. A neocolonização teve tantos conflito no continente africano pois diversos países europeus iniciaram a busca de novos domínio,principalmente na África e na Ásia . A consequências foram contradições das fronteiras africanas e o retardo tecnológico e social .
    Larissa Queiros n°9 3 °EM Objetivo

    ResponderExcluir
  14. A análise dos textos e gráficos podemos observar que a dominação europeia deixou inúmeras marcas no continente africano, a região foi completamente prejudicada, pois teve seus limites e fronteiras ignorados, assim consequentemente,e culturas africanas fossem completamente ignoradas, contribuindo assim para que houvesse desentendimento entre os povos que habitavam a região.Baseada em divisões inconsequentes para a população africana acirrou o colonialismo bárbaro o que provocou várias guerras e conflitos raciais e culturais entre as tribos nativas.

    Thiago dos Reis Souza nº16 3°EM Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  15. A análise dos textos e gráficos podemos observar que a dominação europeia deixou inúmeras marcas no continente africano, a região foi completamente prejudicada, pois teve seus limites e fronteiras ignorados, assim consequentemente,e culturas africanas fossem completamente ignoradas, contribuindo assim para que houvesse desentendimento entre os povos que habitavam a região.Baseada em divisões inconsequentes para a população africana acirrou o colonialismo bárbaro o que provocou várias guerras e conflitos raciais e culturais entre as tribos nativas.

    Thiago dos Reis Souza nº16 3°EM Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  16. A neocolonização gerou conflitos pois os colonizadores europeus ignoraram o fator étnico e os limites territoriais ao juntar diferentes culturas em apenas um local, as forçando a conviver com suas diferenças e consequentemente gerando desentendimentos.
    Letícia Helena 3º EM nº11
    Colégio Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  17. A Neocolonização por europeus intensificou conflitos devido a discriminação em que possuiam com alguns grupos etnicos, deixando claro a diferença entre os povos. Além disso, ao perceberem que o continente africano possuia recursos bons para a economia, os europeus quiseram logo se apossar. Eles viam no continente tanto posição geográfica favorável para comercio quanto riqueza em recursos o que aumentaria a economia das metrópoles.

    ResponderExcluir
  18. A divisão territorial do continente aponta apenas os interesses dos colonizadores europeus, desprezando as diferenças étnicas e culturais da população local. Diversas comunidades rivais foram colocadas em um mesmo território, enquanto grupos de uma mesma etnia foram separados. Além do fato de que a África possui fatores que facilitam para a questão do comercio o que fazia com que os europeus quisessem dominar o local.
    Gabrielly Antunes 3º EM Colégio Objetivo Santa Isabel

    ResponderExcluir
  19. De acordo com o texto a dominação europeia deixou muitas marcas no continente africano pois não levaram em consideração as diferenças étnicas e culturas da população, separando os grupos étnicos que viviam em harmonia colocando no mesmo local grupos rivais, alem da Africa possuir um livre comercio que aumentava o interesse pelo local.
    Larissa Matos Nº08

    ResponderExcluir